quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Resenha - Minha Última Duquesa


Título: Minha Última Duquesa
Autor:  Daisy Goodwin
Editora:  Fundamento
Classificação: 
Sinopse: Beleza, fortuna, admiradores e a arrogância ingênua de acreditar que o dinheiro lhe abriria todas as portas era do que uma jovem precisava para ser feliz nos Estados Unidos no final do século 19. Cora Cash tinha tudo isso. Mesmo assim, lhe faltava o que alguns consideravam o mais importante: um título de nobreza. Por isso, para conseguir um casamento que lhe garantisse um status social inabalável, ela partiu para a Inglaterra aos 18 anos. A primeira impressão do novo país não foi nada boa - a aristocracia era fria e hostil, dominada por intrigas e fofocas. Mas a situação ficou ainda pior quando Cora se apaixonou por um homem que mal conhecia... e entrou em um jogo com regras desconhecidas e que tinha como único prêmio a própria felicidade.


Resenha: Cora Cash sempre foi uma garota muito rica e mimada, teve tudo que sempre quis, e sempre foi tratada para ser a melhor.
O único problema de Cora é que ela não possuía título algum, e sua mãe sempre foi obcecada por fazer a filha ser a melhor e ter um dos melhores títulos, então por esse motivo ela saiu dos Estados Unidos para morar a Inglaterra. 
Criando festas e bailes, tudo que sua mãe quer nesse momento para a família é um status social tão importante quanto os status da realeza, mesmo que para isso tenha que fazer alguns sacrifícios.

“No salão azul, Cora Cash tentava se concentrar no livro. Ela achava difícil simpatizar com a maioria dos romances – todas aquelas governantas chatas -, mas este era muito bom. A heroína era “bonita, inteligente e rica”, igual a ela.”
Chegando na Inglaterra e participando de alguns eventos, Cora acaba sem querer cruzando com o Duque Ivo, um homem amargurado, que teve um passado complicado e que agora precisa casar-se por dinheiro.  O acaba sendo perfeito para os dois, tanto para Cora e seus status social, quanto para Ivo que precisa de uma herdeira. Desde o início ele deixa claro que essa união é somente por interesse, amor não está fazendo parte de tudo isso. Mas Cora não vê a hora de ser livrar da pressão que a mãe impôs, ela aceita continuar com o relacionamento.
Mas será que todas essas escolhas valerá apena quando ela descobrir que onde ela está é um lugar cheio de intrigas, traição e ambições? Será que um futuro de felicidade e amor valerá esse risco?
" Desde que viera para Inglaterra, havia aprendido a dar valor aos raros dias bonitos que irrompiam através da bruma e da escuridão, gostando ainda mais deles por serem imprevisíveis."
Minha Última Duquesa foi uma leitura surpreende e diria que boa. É uma história  rica em detalhes e muito bem elaborada pela autora. 
Um romance de época, uma história de uma garota que não é como as personagens que estamos acostumadas, mas sim uma garota muito nova, que sempre foi tratada com uma princesa, que sabe que é linda e perfeita e não deixa de falar isso ou demonstrar quanto é superior por ser rica e bonita. Uma personagem que de primeira você estranha pelo seu jeito de se ver, mas que ao longo da trama conseguimos entender seus sentimos e sonhos.
Uma personagem bem construída que faz a gente ir gostando dela aos pouquinhos durante a história.
O livro é narrado em terceira pessoa e temos alguns pontos de vistas de alguns personagens secundários durante a história.
Um personagem que me incomodou um pouco seria o duque Ivo, não senti tanto crescimento dele durante a leitura, acreditava que ele poderia ser melhor de que como acabou a história.



A trama em si é muito boa, e a autora capricha em detalhes durante a história, fazendo com que o enredo se torne leve e a leitura flui de uma maneira normal.
O que me fez diminuir alguns pontos sobre  o livro no geral, foi que não consegui me introrsar com os personagens principais, senti que faltou um ''algo'' para que conseguisse seguir a história com eles e realmente entender seus pontos de vista, e isso acabou deixando a leitura um pouquinho mais lenta para mim. Não é um livro doce e emocionante como alguns  romances de época, diria que é mais centrado, onde fala de um jeito de diferente e mais sério sobre como era os relacionamentos da época.

No geral diria que é uma boa história e uma ótima pedida para quem gosta de um romance de época cheio de intrigas e ambições.
Um leitura que recomendo para os fãs do gênero

15 comentários

  1. Olá Jéssica, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas parece ser do estilo que gosto. Amo romances de época.
    Após ler sua resenha, fiquei bem curiosa...já está na minha meta de leitura.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. ooi tudo bom ?
    ainda não conhecia o livro, mas já fiquei curiosa pra ler, amo romance de época ^^
    beijinhos boa semana
    http://bellapagina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Jessica!
    Sabe se é um volume único ou se é uma série?
    Que pena que não curtiu muito... A verdade é que hoje há muitos escritores escrevendo esse estilo, então fica meio difícil não comparar...
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro até que não faz muito o meu estilo mas fiquei curiosa, muito curiosa!

    Beijinhos, Hellen ❤
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jéssica. Como vai? Não conhecia o livro, me chamou bastante atenção justamente por ser um livro do estilo que gosto. A resenha está maravilhosa. Esse livro já está na minha lista. Até mais!

    Colecionando Palavras

    ResponderExcluir
  6. Oi Jess! Sempre tive vontade de ler este livro e acho que mesmo sendo diferente dos romances de época que temos por aí, ainda assim vai me agradar.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi Jess! Curti a trama, parece ser muito boa, mas é uma pena quado a gente não se liga muito aos personagens, a leitura nunca é tão boa quando isso acontece mesmo....

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Adoro romances de época e este parece ser bom. Só não curto muito narrativa em terceira pessoa.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amei a resenha, e concordo com você kk Também baixo a nota quando os personagens não me cativam.

    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/
    http://oracullo.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Já havia ouvido falar sobre o livro, mas não cheguei a me interessar. Porém, li sua resenha com a mente aberta, e fiquei um pouco curioso. É tão ruim quando não conseguimos nos entrosar com os personagens principais, não é? Afinal, eles tem o papel de nos envolver na história.

    Até mais. https://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olar Jessica. Para mim esse livro é uma novidade! Eu gosto de romances de época, mas esse pela sinopse não gostei e depois como os detalhes da trama fiquei meio meh D: é um saco quando a gente nao consegue ter afinidade com os personagens né?

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  12. Amo romance de época, fico fascinada com a, descrição das roupas, bailes, a maneira de falar. Esse livro infelizmente não conhecia, mas vou anotar a dica beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Jessica,
    O que geralmente me faz 'desligar' do personagem é essa narração em terceira pessoa. Sinto que quando pego um livro narrado em primeira pessoa é muito mais fácil eu me ligar a ele e a história, acho que é porque me coloco na situação.
    Uma pena que a leitura tem esse problema.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Jéssica!
    Eu adoro romances históricos, mas acho que essa personagem ia me irritar, já que ela se acha tão superior em tudo. Não sei se leria!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo